domingo, 15 de novembro de 2009

As incertezas tomaram um lugar novo, aquele lugar em que elas não pensavam estar. Vieram e cada momento que percebo-as, estão cada vez maiores, pulsando na minha alma, implorando para transforma-las em certezas. Elas sangram, pedindo cura, enquanto eu proucuro o antidoto para salva-las e nada, é tudo vazio. A cada gota que escorre e inunda meu coração, elas vem junto, para me confundir, quando tudo parecia está tão pacifico. Talvez essas incertezas esttajam misturas no nó em que meus sentimentos confusos dão em minha garganta a cada madrugada solitária, em que eu queria me afogar em um sono profundo, e mesmo que eu queira acordar os outros com um grito de ajuda e tirar todos aqueles nós, eu não consigo, eu não tenho essa força. Então essa reações de momentos que meu coração dá, a cada passo que me ponho a frente, é o suficiente, para que eu queria voltar a tras e me esconder em um lugar mais seguro. Mas eu não posso dessar que elas vençam, eu vou conseguir, nem que eu demore a achar a cura das incertezas, mas eu vou achar, eu tenho que achar.



Ariane.

1 Comentários:

Blogger Mih disse...

Parabéns *-* adoorei aqui :D
tô te seguindo viu? beijos :*

16 de novembro de 2009 20:23  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial