segunda-feira, 31 de agosto de 2009


Escolhas, elas estão sempre nos cercando, às vezes elas ficam meio embaçadas, mas com o decorrer do tempo, a nitidez vai transparecendo. Vão ser elas que vão traçar todo seu caminho, então não bote culpa no famoso '' destino'', porque quem vai construi-lo são as suas atitudes. Nesse momento minhas escolhas se encontram entre a ponte do medo e da coragem, o vento me faz balançar e minhas ideias se embaralharem, me deixando confusa, e sei que cada passo que der em direção contrária da ponte, poderá mudar todo o rumo da minha vida, do que eu no final poderia e vou ser. Então, a cada amanhecer, eu vou saber, o que eu sou hoje, e o que eu fui ontem. Então quero arriscar-me, vendar meus olhos e pular dessa ponte de indecisões, quem sabe no mar da fé e esperança eu me encontre realmente, seja sozinha, somente eu, ou com aqueles poucos que eu realmente sei que querem meu bem, mas o que vai importar no final, é a tentiva, porque de todas as coisas de que eu penso, a única que tenho certeza, é que de se ficar parada na estação da vida, vendo todos passarem pelos trilhos, mesmo sem mais forças e eu ficar esperando que o vagão pare bem na minha frente, bem ele nunca vai chegar, e se eu cruzar meus braços, eu nunca vou poder dizer que realmente tenho uma vida.

6 Comentários:

Blogger rafa disse...

"... que de se ficar parada na estação da vida, vendo todos passarem pelos trilhos, mesmo sem mais forças e eu ficar esperando que o vagão pare bem na minha frente, bem ele nunca vai chegar, e se eu cruzar meus braços, eu nunca vou poder dizer que realmente tenho uma vida." eu concordo em número, gênero e grau. simplesmente perfeito, você conseguiu descrever a minha indecisão no momento.
beijos!

31 de agosto de 2009 20:28  
Blogger Mariana Andrade. disse...

achei o texto maravilhoso, é, se sempre colocarmos a culpa no destino, vamos esquecer que somos nós quem o construimos.
lindo!
bjão ;*

31 de agosto de 2009 22:47  
Blogger Márcia Amaral disse...

lindo demais, cara, acho que vou deletar meu blog olha, aqui é muuuuuuuuuuuuuito perfeito, esse texto era tudo que eu precisava, sério, prefeito demais, sai dai , HAUFAHU, amo aqui

31 de agosto de 2009 23:45  
Blogger Artur Nunez disse...

e vdd, a gente é o que faz, somos nós mesmo que fazemos os nossos caminhos, ,"colheremos o que plantamos"(lembrei.da.minha.vó) frutos bons ou ruins ,isso depende só de você, do seu começo.

bom texto.
beijo :)

1 de setembro de 2009 08:50  
Blogger Maria Beatriz disse...

cara, eu li seu texto ouvindo "Will You Still Love Me Tomorrow ?" da Amy Winehouse, e vendo a sua gravura, e lendo esse texto, captando a essência dele, noas, entrei em órbita . Pensei em taaaaaaaaaaanta coisa . Nós somos tão jovens e temos TANTO pra aprender todo dia, n é daqele jeito louco q eeu to falando, mas de aproveitar tudo ao máximo, pra contar pros seus netos, pra guardar na cabeça, no coração . A gente tem que se arriscar mais e pensar no nosso bem e no qe a gnte qer ser de verdade. lindo ! me fez pensar muito. parabéns ! beijos .

1 de setembro de 2009 13:21  
Blogger Artur Nunez disse...

oia eu tô sem tempo moça, mais eu posto logo sim.

beijo :)

2 de setembro de 2009 14:39  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial